Gelar Soemantri
En Id Pt
Menu

Gelar Soemantri

Gelar Soemantri (Cianjur, 1986) é um artista multimídia radicado em Jacarta. Ele se formou no Instituto de Ciências Sociais e Políticas (IISIP) de Jacarta em Jornalismo.

Por meio de uma abordagem radical e singular gravada no debate contemporâneo, Soemantri reflete sobre o tema dos arquivos e da memória. Ele examina a necessidade humana de histórias “conclusivas” e perguntas sobre anedotas que produzem ficção histórica. Sua arte midiática é caracterizada pelo uso de objetos do cotidiano em uma atmosfera de mentalidade de classe média. Ao tomar o cotidiano como tema ao comentar a estética cotidiana desses valores de classe média, ele cria obras com perspectivas diversas, compondo associações de significados que podem colidir. O espaço se torna tempo e a linguagem se torna imagem. Suas obras também questionam a condição de aparecimento de uma imagem no contexto da cultura visual contemporânea. Ao examinar a ambigüidade e a originalidade por meio da repetição e da variação, ele amplifica a atenção do público ao criar composições ou arranjos visuais calmos e poéticos, que deixam uma marca e um equilíbrio nas fronteiras entre o reconhecimento e a alienação.

Seu trabalho em vídeo, Ketika Aku Pulang Tidak Ada Mamah di Depan Pintu, foi apresentado no Festival de Cinema de Rotterdam (2008). Em 2013, co-dirigiu o filme Elesan Deq A Tutuq. Ele também esteve envolvido em diferentes projetos de exposições, tais como, Sidang Hans Bagu: Pameran Multimedia Tentang Heboh Sastra 1968, Galeri Cemara 6, Jakarta (2013); OK Video Festival (2017); Manifesto 4.0 Multipolar (2018); Biennale Jatim 7: World is a Hoax (2017); Pekan Seni Media (2017); Pameran Besar Seni Rupa: Panji dalam Tafsir Kontemporer (2018); exposição de arte em novas mídias, Kota. Edu., Gudskul (2018); e Exposição Colaborativa de Artistas e Crianças, RuruKids (2020). Atualmente faz parte do coletivo Cut and Rescue, ao lado de vários outros artistas multidisciplinares.